Doenças de crianças V: Sarampo

O sarampo é uma das doenças infecciosas mais comuns em todo o mundo e também uma das maiores causas de morte em alguns países subdesenvolvidos. O vírus propaga-se por contato direto ou íntimo e, após um período de incubação de 8 a 15 dias, provoca febre, tosse seca e vermelhidão nos olhos, a que se segue uma erupção característica rosa-amarronzada por todo o corpo.

Às vezes, surgem manchas brancas, conhecidas por manchas de Koplik, no interior das bochechas, 1 ou 2 dias antes da erupção na pele.



Sarampo

A recuperação completa leva cerca de 10 dias. Mas quando se trata de adultos , ela pode se prolongar por até 4 semanas. As complicações do sarampo, mais comuns nos adultos, incluem otites, PNEUMONIA e, raramente, encefalite.

Atenção. O sarampo é uma doença de declaração obrigatória. Qualquer caso suspeito deve ser comunicado a um médico, ou aos serviços de saúde pública.

O que dizem as medicinas alternativas

PLANTAS MEDICINAIS
Auto-ajuda. Para atenuar os sintomas febris, faça infusões de milefólio ou flor-de sabugueiro e beba uma xícara de infusão bem quente de 3 em 3 ou de 4 em 4 horas. Em caso de agitação e dores, junte camomila à mistura anterior. Para diminuir o prurido, passe sobre a pele uma esponja embebida em infusão fresca de alfazema ou em 1 colher de chá de loção de hamamélis destilada, diluída em 300 ml de água.

MÉTODOS NATURAIS
Consulta. O terapeuta aconselhará que se evitem laticínios e que se tomem muito sucos de frutas e de vegetais, tanto para substituir os líquidos perdidos como para reforçar o nível de nutrientes na alimentação. Poderá receitar 1 ou 2 g de vitamina C por dia, para aumentar a resistência à infecção viral.

Homeopatia. O objetivo é ajudar a recuperação e diminuir o mal-estar e o risco de complicações. Apis melmellifica é receitado em caso de febre alta, quando se sente calor e se deseja ficar descoberto, os olhos e os ouvidos estão inflamados, fica-se choroso e irritadiço. A Euphrasia é indicada para olhos inflamados, lacrimejantes e sensíveis à luz.

O Gelsemium é usado se houver  febre alta e prostração extrema - também em casos de delírio. Se uma criança estiver prostrada e irritadiça, se precisa ser mimada, se tiver uma tosse incômoda e sentir necessidade de ar fresco, tente administrar-lhe Pulsatilla.

O que dizem os médicos

Não existe cura para o sarampo, embora as infecções secundárias de ouvido ou a pneumonia respondam aos antibióticos. A vacina contra o sarampo, administrada aos 15 meses (e mais tarde repetida, juntamente com a imunização contra a caxumba e a rubéola, como parte dos serviços públicos de vacinação, confere imunidade em 95% dos casos. Os efeitos secundários da vacina são os mesmos do sarampo, mas o risco é menor depois da vacinação do que após a infecção.

Os especialistas recomendam repouso, ingestão de maior quantidade possível de líquidos e antitérmicos para baixar a febre e atenuar o mal-estar. Para se certificar que não surjam complicações, consulte um médico.
Relacionadas:
  1. Amigdalite
  2. Assaduras
  3. Brotoejas
  4. Conjuntivite
  5. Sarampo
  6. Coqueluche
  7. Cólicas
  8. Em breve mais doenças.