3 animais que podem estragar o seu verão

Domingo passado, assisti no Fantástico uma reportagem sobre os acidentes com bagre que estão acontecendo no litoral brasileiro. Já tínhamos falado sobre as águas vivas e como cuidar se houver uma queimadura. Por este motivo resolvi procurar outros animais que estão "atacando" nas costas e escrever um poucos sobre os cuidados necessários. Os animais que mais causam acidentes são as águas vivas, o bagre, as caravelas e o ouriço.

A água viva já é conhecida do post Queimaduras de Água Viva: O que fazer? , mas depois de assistir ao Fantástico vi que não devemos ter cuidado apenas com elas. Devemos nos cuidar com o Bagre também.

Bagre

O bagre por exemplo, pode ferir as pessoas mesmo estando morto na areia da praia. Ele é o peixe que mais causa acidentes nas nossas praias. Os peixes são atraídos para a água rasa por causa dos alimentos que são deixados a beira mar. O Bagre tem três espinhos serrilhados, um de cada lado do corpo, nas barbatanas e outro em cima, além de ter barbilhões na boca. A dor pode causar dor forte por até seis horas, por isso quem se ferir não pode tentar tirar o espinho e deve procurar um posto de saúde imediatamente. A ferida, se não for bem limpa e tratada pode necrosar. A única coisa que alivia um pouco a dor é compressas de água quente no local.


Caravela-portuguesa

Outro animal perigoso são as caravelas-portuguesas. Elas são cnidários que flutuam na água no mar e aparecem nas praias, sendo uma das ameaças mais comuns para os banhistas. É um animal muito bonito e normalmente atraem as crianças, tem corpo gelatinoso, se parece com uma bexiga e suas cores variam entre o lilás e o roxo.

Assim como as água vivas, elas tem tentáculos  que são urticantes e aderem à pele, podem causar lesões e muita dor. Os sintomas variam entre náuseas, vômitos e até convulsões e arritmia cardíaca. A única recomendação é se afastar e evitar o contato. Os cuidados são os mesmos da água viva: retirar os tentáculos, ir ao posto de saúde, tomar um analgésico (veja aqui). Evitar lavar com água doce, álcool ou urina.

Ouriço-do-mar

O ouriço é um animal cheio de espinhos tem formato esférico e pode ser encontrado em todo o litoral brasileiro. Ele é um grande causador de acidentes com humanos nas praias. Costuma viver em cima de rochas, nos costões, entre pedras ou na areia, em águas mais rasas.

Quando pisamos ou esbarramos num ouriço-do-mar, eles liberam os espinhos na nossa pele. Isso pode causar dor intensa, pois os espinhos podem penetrar profundamente e até quebrar dentro do corpo. Além disso eles liberam substâncias irritantes, produzidas por algumas espécies que inoculam veneno.

Assim como os demais animais, quem for atingido por um ouriço-do-mar precisa procurar ajuda médica num posto de saúde. A primeira atitude é retirar todos os espinhos do corpo, depois banhos e compressas quentes vão amenizar a dor.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Abacaxi com mel para gripe, tosse e pneumonia

Como tirar manchas de caneta de calça jeans?

Os 10 blogueiros mais famosos do Brasil