Celular grátis da Claro só me deu dor de cabeça

Celular grátis da Claro só me deu dor de cabeça
Sou moradora da cidade de Tramandaí, litoral norte do RS. Há uns dois anos atrás, eu estava a procura de um celular para presentear minha mãe. Passei na frente da loja da Claro e estavam fazendo uma espécie de sorteio, fui lá e ganhei um celular Nokia 2220, no plano controle. Fiquei muito feliz, fiz um cálculo mental rápido e achei que fosse uma boa alternativa, eu teria que ter fidelidade com o plano durante 12 meses, depois disso era só voltar até a loja e cancelar o plano controle e passar para o pré pago. Saí da loja bem satisfeita.


Durante o ano foi tudo tranquilo, eu pagava as prestações, minha mãe não precisava se preocupar em colocar crédito, pois ganhava o valor da prestação em saldo. Até que se passou o ano e eu decidi encerrar o bendito plano controle. Fui até a loja em que comprei o aparelho e a atendente me informou que este serviço não era mais prestado ali, para eu cancelar o plano teria que ligar para a operadora ou me dirigir até uma autorizada da mesma. Perguntei onde, ela me disse que autorizada somente na capital, Porto Alegre, distante cerca de 120 km da cidade aonde moro.

Saí da loja desapontada e muito brava, decidi tentar entrar em contato com a operadora Claro por diversas vezes pelo número 1052, tudo em vão. Há demora no atendimento, você passa por diversas pessoas. Depois que eles atendem você não consegue ouvir direito, pois parece que tem sempre uma interferência na ligação. Já fiquei mais de 1 hora e meia na linha e depois de toda a espera caiu a ligação. Anotei diversas vezes o número de protocolo, mas não consegui obter sucesso.

Neste meio tempo, o mês já estava contabilizando e logo fecharia outra fatura. Decidi ir até Porto Alegre pra ver se resolvia o problema. Perdi um dia de trabalho, gastei com a passagem, alimentação e não adiantou nada. Cheguei na autorizada, aguardei por um longo tempo, fui chamada e a atendente novamente me disse que o meu problema não poderia ser resolvido ali. A informação é que eu deveria ligar para a operadora, para o tal 1052, pois o procedimento não poderia ser feito na loja.

Enfim, foram mais de dois meses e três faturas, para eles resolverem o meu problema. Mesmo assim foi muito complicado, pois a operadora não queria que eu alterasse o meu plano, me ofereceu outras vantagens e até um aparelho de celular novo para que eu não mudasse de controle para pré pago. Além do gastos, fiquei estressada e chateada com a operadora, que prometeu uma vantagem e só me enrolou. Depois de muita paciência e esforço, hoje minha mãe está com o celular pré pago e eu nem quero ouvir falar em Plano Controle.