Existem pessoas que ainda vivem em escravidão

Hoje resolvi falar sobre o trabalho escravo. Um assunto que parece tão distante de nós e esta logo ali. Brasileiros e estrangeiros, sendo vitimas de escravidão em pleno século XXI, isso é demais para mim. Quando vemos na televisão, que existem brasileiros vivendo como escravos em outros países, ficamos revoltados, indignados e queremos protestar, mas e quando isto acontece dentro do nosso país, com gente nossa e estrangeiros, o que fazer.

escravidão


O governo abriu uma CPI do Trabalho Escravo, que irá investigar as denúncias de trabalho escravo por todo país. Todos tem que fazer a sua parte, denunciando ao Ministério do trabalho e a polícia se desconfiar de alguma empresa na sua cidade que esteja agindo desta forma.

A culpa de certa forma é nossa, apenas queremos pagar menos e não raciocinamos que quanto mais barato é um artigo, menos é pago a quem produziu. É muito bom chegar num supermercado e comprar a batata a R$ 0,50 o kilo, mas pense bem, quanto foi que o agricultor recebeu por ela? São coisas do dia-a-dia, nós nem prestamos atenção, simplesmente queremos pagar menos, economizar, mas sempre vai haver um prejudicado neste circulo vicioso.

Não somos obrigados a pagar mais por um produto que tem um preço mais barato, mas se nos conscientizarmos que, apartir do momento em que nos beneficiamos com estes produtos , somos coniventes com esta situação. Existem pessoas vivendo de forma precária, em verdadeira escravidão e sem outro recurso para sair desde enrosco. Os "patrões" empregam por salários muito pequenos, cobram pela comida, abrigo e tudo o mais. Um exagero, considerando a habitação e a comida que se recebe. Este trabalhadores, acabam devendo mais do que tem para receber, se tornando assim verdadeiros escravos.