Pais presentes, este é o melhor presente no Dia das Crianças

Na minha infância nunca fui questionada sobre qual presente gostaria de ganhar, apenas recebia e me sentia muito feliz com qualquer presente que me dessem. Hoje as coisas mudaram, as crianças além de fazer exigências, ainda fazem cara feia se não recebem aquilo o que pediram. Querem presentes tecnológicos, cheio de botões ou com o preço lá nas alturas.

Me criei com boneca, brincando de taco, rede-lata ou pega- pega. Eu e meus irmãos não tínhamos vídeo Game e tivemos uma infância muito feliz e saudável. Acho que é isso que falta para as crianças hoje. Em tempos de tecnologia resolvi destinar alguns minutos para escrever dicas de brincadeiras que irão revolucionar o mundo de seus filhos. Aquilo que você gostava de brincar quando criança também pode fazer parte da vida do seu filho. Vamos lá:

Dia das criança


Cinco marias
Joguinho bobo, brincadeira de criança e divertido para burro. São cinco travesseiros pequenos recheados de terra, arroz ou qualquer coisa que os deixe firmes e pesadinhos. Para a brincadeira ficar mais divertida você pode e deve colocar desafios, passar de fase. As meninas irão adorar.

Soletrando
Não você não precisa comprar o jogo (que custa os olhos da cara), faça uma seleção de palavras do cotidiano da criança e de acordo com a idade dela, coloque tudo num saquinho e sorteie a palavra. Ela terá que soletrar. O ideal que tenham pelo menos duas crianças, marque os pontos numa folha. É bem divertido.

Stop
Eu muito me diverti com esta brincadeira. Você só precisa de uma folha de caderno na virada, um lápis e um amigo ou mais. Vale colocar nome de cidade, nome próprio, cor, fruta, animal, objeto, parte do corpo, qualquer coisa. Um "fala" o alfabeto mentalmente até que o outro diz "STOP", a letra do jogo será a que você estava pensando.

Tá quente, tá frio
Ver o sorriso no rosto do filho não tem preço, e com esta brincadeira fica completamente de graça. Você escolhe um objeto dentro de casa e cria algumas dicas em cima dele, diz a primeira dica e deixa para a criança tentar adivinhar. Cada vez que ela chegar próxima ao objeto você diz: "tá quente" e quando se afastar "tá frio". Eles vão adorar.

Existem muitas outras brincadeiras, o que dei aqui foi apenas uma amostra de como ser feliz não custa nada. O que importa realmente para os nossos filhos não é o preço do presente, mas sim o quanto estamos presentes. Não estamos falando de quantidade e sim de qualidade. Brincar com o seu filho fará dele uma criança feliz. Pense nisso!