Di Ferrero, vocalista do NX Zero completa 28 anos

Di Ferrero, vocalista da banda "emocore" NX Zero, nasceu no dia 11 de Junho de 1985. Ele também atende pelo nome de Diego José Ferrero, como foi batizado, e é natural da cidade de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. Aos 12 anos o futuro astro mudou-se com a família para São Paulo. Geminiano, o cantor entrou para o grupo paulista em 2004 pouco antes da saída de Yuri Nishida, um dos fundadores da banda que, na época, era conhecida pelo nome de NX Zero Granada.

Di Ferrero e Mariana Rios em Paris

Com Di Ferrero nos vocais e na liderança, o NX Zero alcançou reconhecimento nacional e emplacou diversos sucessos como "Cedo Ou Tarde" e "Razões e Emoções". Esta última é considerada a canção de maior sucesso do grupo até hoje, tendo sido uma das músicas mais executadas em 2007. Ela faz parte do álbum "NX Zero" daquele mesmo ano e recebeu o prêmio de "Hit do Ano" no Video Music Brasil 2007.



Além do sucesso como cantor e compositor, Di Ferrero também frequenta as capas de revistas de celebridades graças ao seu relacionamento de 4 anos com a atriz global Mariana Rios que, recentemente, esteve no ar com a novela "Salve Jorge" no papel da mimada "Drika". A moça, aliás, também se arrisca no mundo da música como cantora.

O casal está junto desde 2009 e parece viver em eterno clima de romance. Noivos desde março de 2012 eles moram juntos num apartamento no Rio de Janeiro. O casal deve marcar a data do casamento ainda em 2013. Embora a data e o local sejam um mistério o casamento de Di Ferrero e Mariana Rios só deve ocorrer em 2014 por conta da atribulada agenda do jovem casal.

No mesmo ano em que emplacou o namoro com a atriz da Globo, a carreira de Di Ferrero e, logo, do NX Zero passou por uma turbulência: a acusação de plágio da banda norte-americana Taking Back Sunday. Segundo eles o quinteto brasileiro teria plagiado a sua música "MakeDamnSure", do disco "Louder now", de 2006. A música teria sido gravada em português pelo NX Zero com o nome de "Daqui pra frente", e lançada no CD "Agora", de 2008. Mas, para Rick Bonadio, produtor e empresário da banda brasileira, tudo não passou de coincidência.

Por coincidência, um ano antes, em 2008, Di Ferrero vivia um dos melhores momentos da sua carreira como músico. À frente do NX Zero ele desbancou grandes nomes da música popular brasileira e do rock nacional como Caetano Veloso, Samuel Rosa, Dinho Ouro Preto e Chorão ganhando o prêmio de "Melhor Cantor" no Prêmio Multishow de Música Brasileira, consagrando-se de vez no cenário musical do país. Ainda naquele ano o NX Zero também levou o prêmio de "Melhor Grupo" e a banda foi destaque posando nus na capa da edição de Junho da revista Rolling Stone.

O Prêmio Multishow de Música Brasileira ainda renderia mais frutos para Di Ferrero. Em 2011 ele voltou a ganhar o prêmio de "Melhor Cantor" e ainda teve a felicidade de conquistar o prêmio de "Melhor Música" com a canção "Onde Estiver". A banda NX Zero, por sua vez, ainda seria indicada e venceria na categoria "Melhor Grupo" no ano seguinte, 2012. Enfim, a lista de prêmios vencidos pelo cantor e seus amigos é extensa e ainda inclui conquistas como o Grammy Latino de 2009 (Melhor Álbum de Rock Brasileiro) e três prêmios Melhores do Ano da Globo (2007, 2008 e 2009), entre outros.

Além da atuação na banda NX Zero Di Ferrero realiza trabalhos solo. Em 2010 ele gravou com vários nomes da música pop internacional como Túlio Dek, Nelly Furtado e Eric Silver. Aliás, os rumores de uma carreira solo por parte do cantor são recorrentes e a notícia de que a banda NX Zero poderia acabar também.