Todas as peças de roupas precisam ser passadas?

Passar roupa não é uma tarefa fácil. Requer tempo e habilidade. Muitas pessoas preferem comprar tecidos que não amassam para não ter que passar. Segundo o especialista Ricardo Monteiro, Gerente Operacional do Grupo Acerte Franchising, de um modo geral, todas as peças precisam pelo menos de uma alisada com ferro, mas nem todas precisam ou devem ser passadas, inclusive, existem algumas que não suportam o calor e estragam: "As roupas de malha ou tricô de lã/acrílicas, por exemplo, não devem ser passadas, pois podem deformar e ficar estiradas", informa o especialista. E complementa que não são apenas as linhas e lãs que podem ficar feias, mas também peças como: "jaquetas de nylon, tecidos emborrachados ou com estampas emborrachadas também não devem ser passados, pois correm risco de dissolverem no calor do ferro".

Mas como saber quais as peças que podemos ou não passar? A dica do especialista é estar de olho na etiqueta da roupa, que deve trazer essa e outras informações. "Cada tecido tem sua característica e precisa de cuidados especiais, que devem ser respeitados conforme as informações contidas nas etiquetas". Nas etiquetas podemos encontrar informações valiosas como lavar as roupas, se podem ou não ser alvejadas e qual a temperatura indicada para serem passadas.

O especialista do Grupo Acerte Franchising, Ricardo Monteiro nos afirma que todos os tecidos amassam, uns menos outros mais e nos indica quais são menos propensos a isso e não necessitam serem passados com tanta frequência: "esses tecidos são os de fibras sintéticas como poliéster, acrílicos e poliamida". Mas ele faz um alerta "ao mesmo tempo que não amassam com facilidade, alguns deles podem quebrar as fibras e ficar amassado se sofrerem um processo incorreto de lavagem ou secagem". E complementa, "os tecidos de lã também amassam muito pouco e alisam com muita facilidade".

Já as fibras naturais são as que mais precisam ser passadas, "principalmente o algodão e o linho, caso contrário ficam com aspecto de amassado", informa o Ricardo e complementa "as fibras artificiais e sintéticas amassam menos e uma alisada rápida deixam-nas em ordem". Levando em consideração que guardar as roupas limpas e passadas, vão mantê-las conservadas e bonitas por mais tempo, confira mais algumas dicas para evitar ou diminuir o uso do ferro de passar:


  • Não coloque muitas peças na máquina de lavar, pois se exagerar na quantidade as peças ficarão torcidas e muito amassadas;
  • Utilize um bom amaciante durante a lavagem, ele evita que as roupas amassem na máquina de lavar e facilita quando você for passar;
  • Ao retirar as roupas da máquina de lavar e antes de colocá-las no varal dê uma sacudida, isso fará com que ela desamasse um pouco;
  • Camisas e camisetas podem e devem, sempre que houver espaço, serem colocadas em cabides para secar;
  • Ao recolher já separe as peças que deverão ou não ser passadas e dobre-as, pois isso evita que fiquem mais amassadas;
  • Passar as roupas ligeiramente úmidas facilita o deslizamento do ferro, mas não pode ser molhada, apenas úmida. Porém se as peças estiverem secas, utilize um borrifador com água e amaciante ou um produto próprio para passar roupas, para umedecer as peças na hora da passagem.