Câncer de mama: Dicas para detectar este problema

Câncer de mama: Dicas para detectar este problemaO câncer é uma doença muito desgastante, tanto para o paciente quanto para sua família. O que mais agride as mulheres é o câncer de mama. Um pouco pela forma em que surge e outro pela possibilidade em ficar sem o seio. Na maioria das vezes não tem tempo para se cuidar e quando chegam no médico já é tarde demais. Quanto antes for diagnosticado mais fácil será a remoção e o tratamento. Os sinais e sintomas são muito  variáveis, algumas mulheres nem apresentam e outras são atacadas por todos.

Como detectar?
A palavra de ordem é se tocar. Examine seus seio, faça o auto exame, se sentir algum caroço ou coisa diferente procure o médico. Informe tudo, se há pré disposição genética. Você precisa conhecer e confiar no seu médico. Leia a os sinais abaixo:
  • Nódulo endurecido
  • Abaulamento de uma parte da mama
  • Inchaço da pele
  • Vermelhidão no local
  • Inversão do mamilo
  • Sensação de massa ou nódulo em uma das mamas
  • Sensação de nódulo aumentado na axila
  • Espessamento ou retração da pele ou do mamilo
  • Secreção sanguinolenta ou serosa pelos mamilos
  • Inchaço do braço
  • Descamação ou coceira
Se algum das alterações acima for encontrada, procure um ginecologista ou mastologista. Quando diagnosticado precocemente tem chance em 98% de cura. Os exames de rotina são muito importantes. Um exame que pode salvar a vida é a Mamografia, que pode detectar o câncer em estágio inicial. Toda mulher acima de 40 anos deve realizar o exame gratuitamente na rede pública.

Alguns fatores são de risco para sua saúde e aumentam oásis chance de desenvolver o câncer. Não significa que você terá o câncer mais as chances de desenvolver esta doença. Veja abaixo os principais fatores de risco:

- Ser mulher
- Raça branca
- Predisposição genética hereditária
- Mulher sem história de gravidez ou com gravidez depois dos 30 anos de idade
- Obesidade
- Cigarro
- Consumo de álcool
- Menopausa tardia
- Primeira menstruação antes dos 11 anos
- Terapia de composição hormonal combinada (por mais de 10 anos)
- Antecedentes de radioterapia
- Mamas densas

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Abacaxi com mel para gripe, tosse e pneumonia

Como tirar manchas de caneta de calça jeans?

Os 10 blogueiros mais famosos do Brasil