15 piores crimes com o seu visual

modaTodos temos o livre arbítrio e o estilo próprio, mas existem alguns erros na hora de se vestir que são verdadeiros crimes. Por isso montei este pequeno manual com os 15 piores crimes da moda que meras mortais e até grandes celebridades cometem. Vamos a lista:

Cinto:
Ele passou de um utilitário para um acessório. Antes usado apenas para segurar as calças, hoje ele tem um papel importante na montagem do look. Mas engana-se quem pensa que quem está na moda não se incomoda, pois mulheres mais cheinhas precisam ter cuidado, o uso desse acessório pode estragar o visual e aumentar o volume na barriga.

Alça de sutiã:
O sutiã e a sua alça, normal ou de silicone devem ficar escondidos. É uma regra bem básica da moda. Não importa qual seja a beleza da alça do seu sutiã ou se ela é transparente, ela deve ficar por baixo da roupa.

Botas com meião:
A meia, assim como o sutiã, deve ficar escondida. Usar meias coloridas com botas cano longo é muito feio. Quando é possível ver o meião por baixo da bota ao olhar a pessoa de cima para baixo, está errado. As meias devem ser numa cor próxima a cor da bota.

Cofrinho e/ou gordurinhas laterais aparentes:
Nós devemos ter bom senso neste item. O cofrinho aparecer é um pecado terrível, deixa um look vulgar e descuidado. Quem tem gordurinhas laterais (quem não tiver que atire a primeira pedra) não deve usar blusas curtas e calças baixas. Se olhe no espelho e veja se é agradável. Se outra pessoa estivesse se vestindo assim você acharia o que?

Legging branca:
A legging é uma bela arma feminina nos dias de hoje, mas devemos ter cuidado com as de cor clara, principalmente com as brancas. O branco amplia a silhueta e marca todas as imperfeições. Opte sempre por cores mais escuras e neutras como preto, grafite, marrom, verde-escuro, vinho e azul-marinho. Só use legging branca se você estiver em forma como a atriz Danielle Winits (foto).

Danielle Winits
Danielle Winits mostra boa forma em Legging branca

Meia-calça branca:
A meia-calça dá um charme, alonga e disfarça imperfeições nas pernas, você tem uma grande variação de cores que podem combinar com a roupa e o horário que você irá usá-la. Mas em hipótese nenhuma você deve usar as de cor branca, pois estas são extremamente infantis.

Transparência:
Neste item estamos falando durante o dia, no horário de trabalho. Roupas transparentes são sexys e devem ser usadas a noite. Outro alerta é valorizar algo que seja bonito. Nada de por uma blusa transparente e evidenciar os pneuzinhos. Use o seu bom senso.

Brilho:
É mesmo que no caso da transparência. Usar peças extremamente brilhosas cheias de pâetes e purpurinas compromete o seu visual e manda uma mensagem errada das suas intenções e pode parecer que você errou na escolha da roupa.

Calças arrastando no chão:
As roupas devem ter o tamanho certo em todos os sentidos. Uma calça com bainha por fazer achata a silhueta e deixa você com um aspecto sujo e desleixado.

Decote:
Um dos truques de sedução e beleza que as mulheres mais usam, mas muito cuidado para que o seio fique bem acomodado e não pareça que vai cair a qualquer momento.

Muita informação:
Embora muitas pessoas sejam adeptas do look próprio, usar muita informação pode deixar você parecida com uma árvore de Natal ambulante. Não misture estampas, diversas cores e materiais. A sua roupas deve passar a informação de quem você é, e se misturar muita coisa pode ficar confuso.

Usar vestido justo e curto demais:
Além de deselegante é desconfortável. Ter que ficar puxando-o para baixo a cada passo, cuidando na hora de sentar, levantar. Quer usar justo? Opte por um modelo mais longo. Quer usar mini? Um modelo mais leve e soltinho cai bem. 

Esmalte descascado:
As unhas se tornaram um acessórios feminino, existem verdadeiras obras de arte feitas nas pontas dos dedos. Se o esmalte descascou, tire-o. Por que pior do que uma unha sem esmalte é uma unha desleixada e descascada.

Salto alto:
O salto alto só fica elegante e bonito quando se sabe andar com ele. Antes de sair por aí desfilando seu Luís XV treine em casa.  

Chinelos:
Como moro na praia esta imagem se tornou corriqueira: pessoas bem vestidas, indo para casas de dança de chinelos havaianas ou outro similar. O pior é que não são as pessoas que moram aqui e sim os da "cidade" que pensam que na praia pode tudo. Chinelos são para momentos extremamente descontraídos e casuais: praia, piscina, ficar em casa, ir ao mercado. Nada de ir para balada de havaianas.