365 boas ações, uma boa ação por dia

19/365No começo do ano todos ainda estão tocados pelo espírito natalino. E isso é muito bom, pois pensamos um pouco mais nos outros e vemos coisas que nos passam desapercebidas durante o ano todo. Eu acho que somos mais humanos de dezembro até janeiro, fevereiro as coisas mudam um pouco, pois vem chegando o carnaval, e depois...



Vamos aproveitar este sentimentalismo a flor da pele para sermos mais solidários, ajudar quem precisa, mesmo que seja apenas uma vez. Eu vi no Twitter uma #hastag que dizia algo do tipo fazer 365 boas ações, uma por dia, pensei na hora: "Nossa, como assim, todo dia uma boa atitude, uma boa ação?", mas depois, pensando melhor eu vi que não é difícil.

Você pode estar pensando o mesmo que eu pensei primeiramente, mas veja bem, uma boa ação é algo que você faz para outra pessoa sem esperar nada em troca, são gestos simples, singelos e de coração. Ninguém está pedindo para doar sua fortuna para os pobres ou impedir um assalto, são as pequenas gentilezas do dia a dia. Veja alguns exemplos:

  • Dar o lugar no ônibus;
  • Ler um rótulo ou preço para alguém no mercado;
  • Dar a vez na fila da padaria;
  • Não estacionar na vaga de idosos e deficientes;
  • Ajudar alguém a atravessar a rua;
  • Dar um abraço;
  • Doar aquilo que você não usa mais;
  • Devolver o troco dado errado;
  • Pedir licença;
  • Dar bom dia;
  • Dar uma informação;
  • Sorrir;
  • Ouvir os problemas de alguém;
  • Elogiar as pessoas;
  • Plantar uma planta;
  • Visite um asilo;
  • Visite um lar de crianças ou orfanato;
  • Doe um quilo de alimento;
  • Dê uma oferta na sua igreja;
  • Dê um brinquedo para uma criança carente;
  • Seja amigo da escola;
  • Não jogue lixo na rua;
  • E muitas outras coisas.
Nem sempre fazer o bem´´e fácil. Eu sei, você vai dizer: "mas como? Se eu parar para dar um informação posso ser assaltado", eu sei em que mundo vivemos, por isso mesmo, a pessoa que pede a informação pode ter sido assaltada e estar precisando de ajuda. Mas vale a pena tentar. Pense nisso.