Doar leite materno é muito mais do que um ato de solidariedade

Sempre falo sobre a importância do aleitamento materno e jamais me cansarei de falar sobre isso. Todos sabem que o leite materno é o alimento mais completo e importante para a primeira infância. E que os seus benefícios serão levados por toda a vida. Mas aí vem uma pergunta muito interessante: E se a mãe não tem leite ou não pode amamentar?

bebê mamando no peito



Em casos de HIV materno, os médicos "proíbem" a mãe de amamentar os seus filhos. Essa frase pode parecer cruel, mas é para proteção do bebê. Existem mulheres que não conseguem amamentar por que o corpo não produz leite, algo muito difícil para mulher e para o bebê. Ambos casos tem solução, a doação de leite. 

Leia também:
Amamentação: Como obter sucesso nessa nova fase

Parece estranho? Pode até ser, mas existem mulheres abençoadas que produzem leite em excesso e que podem doar. Isso é um ato de amor e bondade, podendo salvar uma pequena vida. Os hospitais que possuem UTIs pré natal necessitam de leite e existe uma campanha para que você, Mamãe, que está amamentando doe um pouquinho do seu amor, não vai faltar para o seu bebê, pois como diz o ditado: "Amor dividido volta dobrado".

Antes de qualquer coisa você deve:

  • Comprovar seu estado de saúde através de exames do pré e pós-natal;
  • Não usar medicamentos nem drogas lícitas ou não;
  • Possuir excesso de leite;
  • Estar disposta a ordenhar e doar o leite excedente.
  • Entrar em contato com um Banco de Leite Humano. Em algumas cidades, o Corpo de Bombeiros faz a coleta em sua residência.

Detalhes:


Para saber os cuidados na hora da ordenha e como guardar o leite: Clique Aqui
Postos de coletas mais próximos de você: Clique Aqui
Maiores informações pelo Facebook ou pelo site do Ministério da saúde ou ainda pelo fone 136.