Rinite alérgica, Asma, Gripe: Como evitar as Doenças Respiratórias

O inverno é sinônimo de doenças respiratórias, embora não sejam apenas elas que nos incomodam, elas são as principais. Já falamos aqui no blog sobre as gripes e dores de garganta, mas existe mais problemas relacionados com o inverno. Quem nunca ouvi um vizinho, colega de trabalho ou parente reclamando que o inverno está chegando e vai atacar a rinite ou a asma. Para saber mais sobre as doenças respiratórias ligadas ao inverno entrevistamos Vivian Wiikmann, Otorrinolaringologista.


Como evitar as Doenças Respiratórias

Segundo a especialista as doenças respiratórias mais frequentes no inverno são rinite alérgica, asma, sinusite, bronquite crônica e enfisema. “A baixa umidade e o resfriamento do ar favorecem essas doenças”. Mas porque? Dra. Vivian nos revela os motivos: “O nariz tem mais dificuldade de filtrar, aquecer e umedecer o ar que chega nas vias aéreas superiores e inferiores, predispondo a infecção por vírus e bactérias”. Outro problema é a nossa necessidade de ficar aquecido, “ficar em ambientes fechados e de ventilação reduzida por causa do frio facilita a transmissão desses agentes. Crises de rinite são favorecidas por ambiente úmido, que favorece a proliferação de fungo, e por contato com ácaros de roupas guardadas” complementa a otorrino.

Os idosos e crianças são os mais afetados, pois tem o sistema imunológico mais frágil. Nas crianças o convívio em creches facilita o contágio de uma para outra. Indivíduos com doenças crônicas também são mais susceptíveis, como os que apresentam diabetes, doenças cardíacas, enfisema e bronquites crônicas. Segundo a especialista as pessoas que convivem com fumantes e sofrem com esse tipo de doença tendem a demorar mais para se recuperar, “o cigarro tem muitas substâncias agressoras que irritam o trato respiratório, agravando os sintomas de gripes e resfriados e dificultando a melhora destes quadros”.

Os maiores conhecidos nosso no inverno são as Gripes e Resfriados, mas qual será realmente o tempo de recuperação de cada um? Vivian Wiikmann nos dá um resumo de como funciona cada um dos problemas:

Gripe A gripe é causada pelo vírus da influenza. Caracteriza-se por um quadro de infecção mais intenso. Pode apresentar febre alta, dores no corpo, dor de cabeça e calafrios. Também temos sintomas de coriza, tosse e faringite. O quadro costuma ter um início mais abrupto. A gripe pode durar em média de 7 a 10 dias.

Resfriado
O resfriado tem os mesmos sintomas, mas aparecem de uma forma mais branda, a pessoa consegue manter suas atividades diárias. O resfriado o quadro tende a se resolver mais rapidamente, em até 5 dias.

Dicas para prevenir doenças respiratórias:

- Sempre deixar o ambiente ventilado;
- Lavar as mãos frequentemente, durante todo o dia;
- Beber bastante água;
- Manter o nariz umidificado com soro fisiológico;
- Etiqueta da tosse (tossir no punho e no dorso);
- Evitar o contato de crianças sadias com pessoas com infecção respiratória;
- Evitar o acúmulo de poeira em casa;
- Lavar e secar ao sol mantas, cobertores e blusas de lã guardadas por muito tempo.